Notas de um lisboeta, criado em Caxias, despachadas de Oeiras
Sábado, 1 de Janeiro de 2011
Bem vindo dois mil e onze

Bem vindo dois mil e onze,

Um Novo Ano bendito.

Que tragas os dias certos

Neste caminho infinito.

 

Neste caminho de estrelas

e de pontinhos de luz,

Em que em data incerta

Terá nascido Jesus.

 

Que importa o seu começo

Ou onde nos  vai levar.

Vivamos no presente

 

Momentos para amar

Um minuto um milhar

E mais tarde recordar.

 

Tó Zé




publicado por Tó Zé às 09:19
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Do templo sagrado da lemb...

Perdi-me nos versos de So...

Mulher coragem

A Vida ao contrário

Eu sou do ar

Claro

STOP

Ò ânsia, não sei de quê.....

Eu não perco

Mais tarde

arquivos

Dezembro 2017

Março 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Agosto 2016

Abril 2015

Outubro 2014

Dezembro 2013

Agosto 2012

Abril 2012

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Dezembro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds